Old Spice

Old Spice

Numa era em que a música electrónica ocupa o mainstream e os hits da rádio não dispensam “drops” e “autotunes”, sabe bem recordar que nada substitui o “human feel” e a simplicidade de uma voz e dos instrumentos acústicos, ou não tivessem sido esses a dar-nos a pop e o rock’n’roll do século XX. Old Spice pede emprestados os refrões que todos andamos (conscientemente ou não) a cantar e faz sobre eles recuar o tempo, num exercício de equilibrismo estilístico em que o visual e a postura a condizer não foram esquecidos.

In time of mainstream takeover by electronic music, when radio hits display the mandatory “drops” and “autotunes”, it’s good to remember that nothing replaces the human feel and simplicity of a voice and acoustic instruments – for these have given us pop and rock’n’roll of the twentieth century. Old Spice borrows the tunes that we all are humming (knowingly or not) and goes back in time in an exercise of stylistic equilibrium where the visual side is not forgotten.

#postmodernjukebox #vintage #acoustic #pophits